Paulo O Redator

PREFEITURA DE MAGÉ COMPRARÁ DE PRODUTORES LOCAIS PARA MERENDA ESCOLAR

Os primeiros contratos para aquisição de alimentos da Agricultura Familiar para a merenda escolar foram assinados na quinta-feira 2 de maio, no CEPTA – Centro de Estudo, Pesquisa e Treinamento em Agroecologia de Magé. O grupo de 21 produtores rurais assinaram o contrato que marca o inicio do funcionamento do programa no município.
“Para nós será uma ótima oportunidade, o agricultor terá mais uma forma de escoar a mercadoria. Agora só estamos esperando o dia de poder entregar os alimentos. As crianças do nosso Brasil se alimentam com produtos com agrotóxico, e eu e vários agricultores estamos com essa preocupação de fornecer produtos de qualidade, preocupados com a saúde das crianças”, explicou Maurino de Souza, conhecido como ‘Maurino do Aipim’.
Alguns produtos são novidade no cardápio das escolas e o programa que beneficiará os agricultores, também é um ganho para a alimentação das crianças. “A merenda da rede municipal de ensino de Magé, já foi premiada no último ano. E agora contará com alimentos mais frescos vindo direto do produtor. Hoje o agricultor faz parte do orçamento da Prefeitura, que passa a comprar dos nossos agricultores familiares, fortalecendo o setor na cidade”, disse o secretário de Agricultura Sustentável, Álvaro Alencar.
“Essa é uma luta antiga, que estamos conquistando hoje. E o país está em um momento de crise, onde a venda nas feiras caem e no Ceasa também, então a compra da merenda é mais um mercado que se abre para o agricultor. E agora está se concretizando com a assinatura do contrato”, afirmou o supervisor local da Emater-RJ, Edison Rodrigues.
O programa
Podem participar os produtores que possuem a Declaração de Aptidão ao Pronaf – DAP Jurídica, conforme a Lei da Agricultura Familiar nº 11.326, de 24 de julho de 2006, e enquadrados no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF. A exigência é por ser uma aquisição com verba do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), destinado exclusivamente para grupos formais organizados de Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais.

Adicionar comentário

*

code